SIC.PA
                                                    Serviço de
                                                    Informação ao
                                                    Cidadão

                   

Contraste:

  • White/Black
  • Padrão

Current Style: Padrão

Zoom:

  • Increase
  • Decrease
  • Normal

Current Zoom: 100%

Convênio garante trabalho para mais 10 internos da Susipe

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
Para participar do convênio, os detentos precisaram demonstrar afinidade com o trabalho, e passaram pela avaliação da equipe biopsicossocial da unidade.

Nesta quarta-feira (1º), foi assinado pela Susipe um convênio com a Laca Engenharia, possibilitando a 10 internos do regime semiaberto, custodiados no Centro de Recuperação Regional de Abaetetuba (CRRAB), trabalhar na construção de um presídio no município. Eles precisam apenas da autorização judicial para começar.

“Uma parceria como esta é muito importante, pois a Susipe trabalha também com o processo de ressocialização, e é preciso dar oportunidade para que ele retorne sua convivência na sociedade. E ao pactuar este tipo de convênio com empresas privadas, com certeza todos irão ganhar. A Laca Engenharia está de parabéns por estar contribuindo e fazendo a sua parte”, afirmou o superintendente da Susipe, coronel Rosinaldo Conceição.

Para participar do convênio, os detentos precisaram demonstrar afinidade com o trabalho, e passaram pela avaliação da equipe biopsicossocial da unidade. Eles trabalharão 8 horas por dia, com intervalo para o almoço. A remuneração será de ¾ do salário mínimo, com recolhimento ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Para o diretor da Laca Engenharia, Marco Caetano, este é um trabalho de responsabilidade social para a empresa, que pela primeira vez receberá internos do sistema penal. “Nossa empresa acredita no poder da reinserção através do trabalho, que dignifica a pessoa e pode trazer o detento para o convívio social novamente. Com isto, cumprimos o trabalho social”, afirmou.

Capacitação - A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), possibilita aos internos e egressos do sistema penal qualificação profissional e aprimoramento. Em 2015 e 2016, cerca de 200 detentos foram capacitados.

Os principais cursos ofertados em unidades penais da Região Metropolitana de Belém (RMB) e do interior atendem demandas recorrentes do mercado, como pedreiro de alvenaria, aplicador de revestimento cerâmico, pedreiro de revestimento em argamassa, marcenaria, elétrica, pedreiro de alvenaria industrial e pintor industrial.

Após a qualificação, os internos utilizam o conhecimento adquirido reformando e fazendo o acabamento de espaços na própria unidade prisional, e até mesmo trabalhando por meio dos convênios firmados pela Susipe com empresas privadas.

Enquanto trabalham e aprendem uma profissão, uma nova realidade poderá ser conquistada pelos internos, destacou o diretor de Reinserção Social da Susipe, Ivaldo Capeloni. “São várias as vantagens ao utilizar a mão de obra carcerária. Entre elas podemos citar a ocupação do tempo antes ocioso e a geração de renda para o interno, que irá servir para ajudar as famílias e as despesas dentro da unidade, além do aprendizado de uma função, no contato com engenheiros e mestres de obras. Quando alcançar a liberdade isso pode ser útil, e até ele acabar contratado como funcionário pela própria empresa, como já temos muitos casos”, contou o diretor.

Por Aline Saavedra | Foto: Alfredo Matos (Ascom/ Susipe)
Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará

SUPERINTENDÊNCIA DO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO ESTADO DO PARÁ
Rua dos Tamoios, 1592  -  Batista Campos  -  CEP 66033-172 - Belém/ PA
FONE: (91) 3239 4210